sexta-feira, 30 de julho de 2010

Música: Os Novos Alvos de Ana Costa

No último dia 20, a Fnac Campinas trouxe a cantora Ana Costa para divulgar seu novo trabalho, o cd Novos Alvos.

Criada no reduto do samba, a Lapa Carioca e influenciada por Martinho da Vila e sua família, Ana Costa tomou gosto pelo samba e de lá não saiu. Cantando nas noites cariocas desde os 18 anos, Ana constituiu sólida carreira como cantora, intrumentista e compositora.

Em seu currículo Ana tem grandes parcerias (como com a cantora Zélia Duncan e Martinália); dividiu o palco com nomes de peso do samba (como: Beth Carvalho, Martinho da Vila, Jorge Aragão, Velha guarda da Portela, Leci Brandão); já foi backing vocal de Martinho da Vila, Noca da Portela, Dorina, entre outros; foi eleita cantora revelação no 5º premio Rival Petrobrás BR; em 2007 foi escolhida para ser cantora na abertura oficial dos Jogos Pan-Americanos (para um público de mais de 80mil pessoas, Maraca lotado), quem a escolheu? Nada mais e nada menos que por Liminha, autor do tema dos jogos em parceria com Arnaldo Antunes. Ana participou também de grandes projetos e homenagens a grandes nomes da música, ... ufa... não acabou, mas já deu pra ter uma noção que a moça não é fraca não é?

Ana cantou na Vila Isabel/Lapa por anos em um grupo só de mulheres, ”O Roda”, várias coisas aconteceram e em 2006 resolveu lançar seu primeiro CD solo (Meu Carnaval), lançado em março de 2006 pela Zambo Discos. Como ela mesma disse na apresentação na Fnac (20/07), por o disco ser uma produção "meio" que independente, teve uma tiragem pequena (5.000 cópias apenas) e por enquanto não pode ser mais encontrado a venda. Mas agora, 4 anos depois, Ana Costa em parceria com a Biscoito Fino (uma gravadora que só tem gente boa) lança seu novo cd “Novos Alvos” (não é redundância, é o nome mesmo)rs.

Só para constar, a Ana é muito simpática, tem uma voz linda, toca muito bem! Um sambinha bom pra ouvir num barzinho e depois arriscar aquele passinho! Rs

E aqui expresso meus pesares pela falta de interesse de nós brasileiros em prestigiar o que é nosso! A gente tem tanta coisa boa, não precisamos “importar” tudo!

Hoje o enfoque foi um pouquinho diferente, mas ta valendo.

Fotos, clicando no título do post.

Abraço.

imagens: juliana brentegani

Um comentário:

Gustavo Córdoba disse...

Que legal mais musicas boas pra aprender! Vou ouvir depois te digo o que achei, sou muito interessado por compositores. Fico também muito triste pela falta de interesse de grande parte dos Brasileiros pela nossa rica cultura, ou tenho pena daqueles que não tem acesso a ela. Um dia a gente chega lá! Ainda bem, que nos valorizamos, somos pouco mais somos também os mais ricos em cultura. Bjão Juh Linda